©  by IFAP. All rights reserved.

Por Johny Mange

 

2.º Argumento

     Mas, afinal, Apocalipse 7.14 refere-se às tribulações, lutas, aflições e amarguras que os crentes passam atualmente ou faz alusão à Grande Tribulação, descrita no Apocalipse para o fim dos tempos?

 

A INTERPRETAÇÃO ERRADA: Para alguns teólogos, Apocalipse 7.13,14 não alude a esse tempo de angústia, posto que — segundo eles — os servos de Deus ali mencionados são os que sofrem aflições e tribulações hoje (cf. Rm 8.18; Jo 16.33). Afinal, “por muitas tribulações nos importa entrar no Reino de Deus (At 14.22).²º

 

CORRIGINDO A INTERPRETAÇÃO ERRADA: Entretanto, ao lermos o contexto imediato (Ap 6.9-11), vemos que tais servos serão “os mortos por amor da Palavra de Deus e por amor do testemunho que deram” (v.9), vítimas do Anticristo (Ap 13.7,15). E estes — vestidos de branco (Ap 6.11; 7.13) — virão “da Grande Tribulação” (Ap 7.14 ― Almeida Revista e Atualizada), um período de sofrimento que atingirá todos os habitantes da terra.²¹ Não “de Grande Tribulação”, como em algumas traduções, mas “da Grande Tribulação”; um período de tribulação sem igual, sobre toda a terra. Sobre um período de Tribulação “como nunca houve... nem tampouco há de haver”, vide Jeremias 30.4-7; Mateus 24.21,22; Apocalipse 3.10.²²

 

 

Voltar à Página Anterior

 

Bibliografia

 

²º Teologia Sistemática Pentecostal, p. 511.

 

²¹ idem, p. 511.

 

²²  Espada Cortante 1, p. 231, adaptado. 

Os Santos da Tribulação