©  by IFAP. All rights reserved.

PAPAI NOEL

Por Johny Mange

 

       Outro costume pagão do Natal é o Papai Noel, e muitos não têm conhecimento de sua origem e significado. A pessoa olha o Papai Noel – a imagem de um vovô com a barba e o cabelo brancos, com o rosto de misericórdia – e sente pena. Mas a Bíblia Sagrada diz sobre os que “tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te” (2Timóteo 3.5). Podemos incluir o Papai Noel em tal passagem: ele tem rosto de misericórdia, mas nega a eficácia da misericórdia!

          
Quem é o Papai Noel? É um santo católico chamado São Nicolau! É um santo canonizado pelos papas da Igreja Católica. E a Enciclopédia Britânica (11.ª edição, Volume XIX, p. 648-649), nos assevera: “São Nicolau, o bispo de Mira, santo venerado pelos gregos e latinos em 6 de dezembro. Conta-se uma lenda segundo a qual presenteava ocultamente a três filhas de um homem pobre. Deu origem ao costume de dar em secreto, na véspera do dia de São Nicolau, 6 de dezembro, data que depois foi transferida para 25 de dezembro, o dia de Natal”.  
         Daí, a associação do Natal com São Nicolau. 
       São Nicolau era um bispo da cidade de Mira, e ele tinha um costume de dar presentes, como se fossem presentes secretos, para três filhas de um homem pobre que não tinha condições de presentear as suas filhas. Então, todo dia 25 de dezembro ele dava presentes – nesta data já era comemorado o Natal, pois Constantino já tinha paganizado a igreja, transformando-a em igreja romana, e trazido Mitra para o Cristianismo para ser cultuado dia 25 de dezembro, fingindo que era o nascimento de Jesus.

          Ademais, o Papai Noel é onisciente porque ele conhece o que cada criança quer: ele sabe os pensamentos das crianças. Ele sabe quem quer videogame, carrinho, boneca, computador. Ele conhece as mentes! Como é que pode? Só Deus conhece a mente do homem! Apenas Deus conhece o profundo do coração do homem; o que você pensa, só Deus sabe; os propósitos do seu coração, só Deus sabe. Satanás lança setas para você pensar coisas ruins, mas ele não conhece o seu pensar, só Deus sabe! (Cf. Salmos 26.2; Atos 15.8). 
          Se apenas Deus conhece as mentes, como o Papai Noel as conhece? Então, verdadeiramente, ele é a figura do anticristo! Verdadeiramente, é uma idolatria de Satanás! Toda idolatria gosta de oferendas, e o Papai Noel gosta de oferendas: a criança coloca uma meia em cima do telhado e, também, coloca vários presentes embaixo da árvore de natal, na chaminé; deixa a chaminé aberta e coloca a meia dentro dela, porque crê que o Papai Noel vai descer pela chaminé. Ele gosta de oferendas, e quem gosta de oferendas é Satanás! E a Bíblia Sagrada é muito clara em relação a sacrifícios a demônios:

          - 1 Coríntios 10:14: “Portanto, meus amados, fugi da idolatria”.
           - 1 Coríntios 10.19-21: “Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios”.
          

          Se você é um crente em Deus, um cristão, não pode ter estas superstições, não pode viver nesta idolatria! Verdadeiramente, o Papai Noel é o São Nicolau da Igreja Católica! Verdadeiramente, o Papai Noel é o anticristo!
          Mas o povo o está aceitando! Dizem que o Natal é o nascimento de Jesus. Façamos um teste: se perguntarmos para uma criança quem é mais importante do Natal, e ela responderá que é o Papai Noel. Quem a criança associa mais no Natal: Cristo ou Papai Noel? O Papai Noel está com os cervos voando. Os cervos, as renas voam? É um engano, portanto está debaixo da maldição! (Cf. Malaquias 1.14).
         Muitos se têm feito anticristos: “Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora” (I João 2.18). E o Papai Noel é um deles! Ele quer ter os atributos de Deus; ele é idolatria da Igreja Católica, São Nicolau; ele aceita sacrifícios.
         Desfaça deste Papai Noel, em nome de Jesus! Destrua esta idolatria para Jesus habitar em sua vida! Tem de quebrar os ídolos!“Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém” 
(1João 5.21).

           Então, existe uma lenda da Igreja Católica, a qual diz que Nicolau, enquanto era bispo, morreu. Quando ele chegou ao Céu, o anjo Gabriel falou para ele: “Olha, você precisa fazer alguns milagres na Terra para você virar santo. Então, você tem de descer à Terra e fazer alguns milagres”. O bispo Nicolau concordou. Quando ele desceu à Terra, ele viu muitas crianças mortas. Sendo assim, ele colocou um saco nas costas, uma roupa azul com as bordas brancas e saiu de casa em casa, dando presentes para as crianças. Daí, ele voltou ao Céu. Quando chegou lá, o anjo falou para ele: “Você já é santo, porque você fez muitas coisas boas na Terra e presenteou até as crianças. Agora, você vai ficar por aqui porque você já virou santo”. Porém, Nicolau respondeu: “Não, eu quero descer à Terra e dar presentes para todas as crianças no dia 25 de dezembro”, e o anjo aceitou. Disto, inventou-se a lenda que todo dia 25 de dezembro, São Nicolau dava presentes para as crianças; no começo era apenas para três filhas de um homem pobre e depois foi para todas as crianças.
          Deste engano, nasceu a figura do Papai Noel, que ele dá presentes para todas as crianças do mundo inteiro na véspera de Natal.Isto é lenda da Igreja Católica! O Papai Noel é um santo católico! Inventaram até fábulas para honrá-lo, mas nós temos de fugir das fábulas, dessas mentiras, pois é o que nos ensina a Palavra do Senhor: “Nem se deem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora”(1Timóteo 1.4).

       O Papai Noel é uma fábula, é um mito inventado pela Igreja Católica através de um santo católico: “Mas rejeita as fábulas profanas e velhas, e exercita-te a ti mesmo em piedade” (1Timóteo 4.7). Temos de rejeitar esta fábula profana: o Papai Noel está tomando o lugar de Cristo! 

         Veja bem: o Papai Noel tem certos poderes que nem Satanás tem; por exemplo: o Papai Noel é onipresente. Ele está em todos os países do mundo ao mesmo tempo: ele está aqui no Brasil, na América do Sul; na Nicarágua, na América Central; no México, na América do Norte; Moçambique, na África; no Japão, na Ásia; na Austrália, na Oceania; em todos os lugares está o Papai Noel! Ele pode dar presentes para todas as crianças de todos os continentes ao mesmo tempo! Nem Satanás é onipresente! Quando Satanás estava perseguindo Jó, ele não estava em todos os lugares, ele tinha de ficar rodeando; porque para Satanás saber as coisas, ele tem de ficar rodeando, pois ele não está em todos os lugares (Jó 1.7). Por isso, há as legiões de demônios (Ef 6.12): estas legiões levam informações a Satanás. Agora, o Papai Noel quer ser onipotente! É uma figura pagã, pois só é onipresente a Trindade: o Pai, o Filho, o Espírito Santo! (Jeremias 23.23-24).
       Por que o Papai Noel também é apresentado como onipotente (tem todo o poder)? Porque ele tem poder para dar presentes para todas as crianças do mundo: para uma, ele dá um carro de brinquedo; para outra, dá um boneco. E assim sucessivamente:videogame, relógio, computador e muitos outros presentes. Ele tem poder para dar presentes para todas as crianças. Então, ele é onipotente. Isso é contra a Bíblia Sagrada: somente a Trindade Divina é onipotente (Cf. Gênesis 17.1; Salmos 62.11). Agora, o Papai Noel também tem poder! Porquanto, é a figura do anticristo!