©  by IFAP. All rights reserved.

Por Johny Mange

 

        Nós sabemos que na época de Natal, existem muitos enfeites e estes estão relacionados ao deus Sol, o deus da feitiçaria, da bruxaria babilônica. Um exemplo é a guirlanda. Guirlanda é uma coroa verde, adornada com fitas enroladas e bolas, ambas coloridas: verdes, amarelas, azuis, roxas, rosas, verdes; enfim, variadas são as cores.
         Muitas pessoas enfeitam as suas portas, a vemos em muitos lares quando se aproxima a época do Natal. Nós a olhamos e até achamos bonito este enfeite, todavia, a guirlanda tem a ver com o paganismo! Lembre-se: Tudo na época de Natal está relacionado com o deus Sol. Diz o livro “Resposta a algumas perguntas”, de Frederic Rasquins: “A guirlanda remonta aos costumes pagãos de adornar edifícios e lugares de adoração para a festividade que se celebrava ao mesmo tempo do atual natal”. 

          E qual é a festa que se celebrava ao mesmo tempo do atual natal? Festividade do nascimento do deus Sol, da feitiçaria babilônica! Os adoradores do deus Sol, de Tamuz (Babilônia), Baal (Canaã), Hórus (Egito); Júpiter (Roma), de Mitra (Pérsia), Eros (Grécia); quando chegava pertinho de 25 de dezembro, enfeitavam as casas: colocavam aquelas coroas verdes com bolas e fitas coloridas para mostrarem que eles eram adoradores do deus Sol, que eram feiticeiros, que eram bruxos. Eles enfeitavam as portas das casas em honrarias ao deus Sol, assim como também enfeitavam os altares deste deus. Então, esta época de Natal que as nações, que os países, que muitas pessoas enfeitam ruas, enfeitam lojas e casas com guirlandas, são desde o tempo da Babilônia! 

        Naquela época, os adoradores do Sol, os bruxos, os adeptos, os feiticeiros, os simpatizantes, adornavam as portas para mostrar que adoravam ao deus Sol.
 E o que significa esta guirlanda hoje? A mesma coisa do passado! 
         Quem enfeita a sua casa com a guirlanda, está dizendo que serve a Baal, que serve a Tamuz, que é servo de Hórus, servo de Júpiter, Mitra, Eros; que são nomes diferentes do deus Sol! A pessoa está se mostrando adoradora do deus Sol, é o sacrifício da idolatria porque eles enfeitavam para sacrificar aos ídolos. Em Deuteronômio 32.16-17 está escrito: “Com deuses estranhos o provocaram a zelos; com abominações o irritaram. Sacrifícios ofereceram aos demônios, não a Deus; aos deuses que não conheceram, novos deuses que vieram há pouco, aos quais não temeram vossos pais”.

        A guirlanda é sacrifício aos diabos, aos demônios! Você está colocando coisas de sacrifício a Satanás na sua casa. Você diz que não adora a Baal, mas o início da guirlanda é Baal! Afinal, eram apenas bruxos, feiticeiros adeptos do deus Sol que faziam tais coisas, que adornavam as suas casas. Deuses estranhos não podem habitar a sua casa. A guirlanda é uma oferenda, é um sacrifício. Esta é a posição que você tem de tomar a partir de agora, escrita em Josué 24.15: “Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR”.

          
Tome a decisão agora, arranque os deuses dos seus pais, arranque os deuses dos antepassados de sua casa! Você e a sua casa devem servir ao Senhor!

GUIRLANDA